Quem sou eu

Minha foto
Cachoeira do Sul, Rs, Brazil
Fundada em 19 de Junho de 2000, com objetivo de pesquisar, resgatar e incentivar a cultura e os costumes da raça negra através de atividades recreativas,desportivas e filantrópicas no seio no seu quadro social da comunidade em geral, trabalhar pela ascensão social, econômica e politica da etnia negra, no Municipio, Estado e no Pais.

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito conclui projeto apoiado pela Fundação Palmares - Festa acontece domingo

Celebração que foi instituída como patrimônio cultural do município de Uberlândia deve reunir cerca de 20 mil pessoas na praça Rui Barbosa

Fiéis se preparam para o desfile de encerramento da festa em louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, que vai ser realizado neste domingo, dia 12 de outubro, na praça Rui Barbosa, em frente à igreja Nossa Senhora do Rosário, na cidade de Uberlândia.

Também conhecida como Festa do Congado, a comemoração é organizada pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito de Uberlândia, com o apoio da Fundação Cultural Palmares, da Secretaria Municipal de Cultura e da Coordenadoria Afro-Racial (Coafro).

A Festa conclui o projeto "Festa do Congo em Louvor à Nossa Senhora do Rosário e São Benedito da Prefeitura Municipal de Uberlândia" - firmado entre a Fundação Cultural Palmares e a prefeitura de Uberlândia - e que se constituiu de uma série de oficinas de valorização à cultura afro-brasileira.

Nas oficinas foram desenvolvidas atividades como aula de dança, percussão e produção de sandálias. Tudo voltado às famílias carentes da cidade, principalmente, às crianças e adolescentes, "para que possam se transformar em artistas e terem possibilidade no mercado de trabalho", afirma Jeremias Brasileiro, coordenador do evento e assessor da Coafro. A iniciativa também visa trabalhar com a auto-estima e com a possibilidade de inserção dos participantes no mercado de trabalho, além de revelar às crianças e adolescentes as tradições afro-brasileiras na dança, no canto e nos instrumentos de percussão.

"Sentimos a necessidade de implantação da iniciativa na comunidade devido a vários problemas que muitas famílias tinham com suas crianças e adolescentes. Sabemos que existem vários artistas anônimos na comunidade, porém, o que faltava era ter oportunidade e espaço. O que facilitou nossa atuação foi a necessidade de atividades com essas crianças e adolescentes que não tinham para onde ir. Além disso, o desejo de ser diferente, não só para participar da festa do congado, que acontece uma vez no ano, mas também, fazer um trabalho sociocultural e educativo o ano todo. Foi por esse motivo que implantamos o projeto", explica o assessor da Coafro.

A iniciativa trabalhou com crianças e adolescente de 6 a 23 anos e contou também, com a participação de muitos dos familiares deles. As oficinas foram realizadas entre os meses de maio e setembro deste ano.

A festa, além de servir como uma comemoração pelo final do projeto, vai oportunizar também, que tudo o que foi aprendido nas aulas seja colocado em prática. Pois todas as sandálias confeccionadas pelos alunos da oficina serão utilizadas pelos grupos de congado no Louvor deste fim de semana.

De acordo com Jeremias, a comemoração deste ano terá um significado especial, pois será o primeiro ano de realização da festa após o seu registro como patrimônio cultural do município, ocorrida no mês de agosto. "Estamos muito orgulhosos dessa conquista, porque ela representa a valorização e a continuidade de uma manifestação cultural que faz parte da vida de milhares de devotos", comenta. A Festa do Congado foi o primeiro bem intangível do Município a ser registrado como patrimônio cultural, sendo que o registro é um instrumento jurídico de proteção que equivale a um tombamento.

Para celebrar a Festa do Congado junto com os 25 grupos de congados, marujos, catupés e moçambiques de Uberlândia já confirmado, são esperados ainda, grupos das cidades de Ituiutaba, Monte Alegre, Rio Paranaíba, entre outras, com a expectativa de reunir cerca de 20 mil pessoas.

Nos dias que antecedem a Festa, acontecem visitas e novenas, sempre às 19h30, também na praça Rui Barbosa. Esta participação culmina no desfile que percorre a avenida Floriano Peixoto até a igreja Nossa Senhora do Rosário. Na segunda-feira, último dia de festa, os grupos visitam as pessoas que ajudaram os festeiros e os devotos que fizeram promessas. À noite, passam pela última vez na porta da igreja para o encerramento do ritual.

Programação

Até o dia 11 de outubro
Horário: 19h30
Local: Praça Rui Barbosa
Novena com terços e, logo após, leilões de prendas e presença de grupos de congados, marujos, catupés e moçambiques

Dia 08 de outubro: Amarelo Ouro, Congo de São Benedito e Congo São Domingos

Dia 09 de outubro: Congo Branco, Catupé Nossa Senhora do Rosário e Moçambique Princesa Isabel, Congo Prata

Dia 10 de outubro: Congo Santa Ifigênia, Catupé e Moçambique Angola

Dia 11 de outubro: Moçambique Raízes e Moçambique Pena Branca


Dia 12 de outubro

9h: Desfile dos grupos de Congados, Marujos, Moçambiques e Catupés pela avenida Floriano Peixoto até a praça Rui Barbosa


Ordem do Desfile

Marinheiro de Nossa Senhora do Rosário
Marinheiro de São Benedito
Congo Camisa Verde
Congo Branco
Congo Verde e Branco
Congo Amarelo Ouro
Congo de São Benedito
Congo Santa Ifigênia
Congo Cruzeiro do Sul
Congo São Domingos
Congo Prata
Congo Rosário Santo
Congo Sainha
Catupé Azul e Rosa
Catupé
Catupé de Nossa Senhora do Rosário
Marujos de Azul de Maio
Moçambique Angola
Moçambique Raízes
Moçambique Guardiões de São Benedito
Moçambique Estrela Guia
Moçambique Pena Branca
Moçambique Princesa Isabel
Moçambique do Oriente
Moçambique de Belém

10h: Levantamento dos mastros com as Imagens de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito e apresentação de todos os grupos na porta da igreja

15h: Busca de Festeiros na rua Natal, 350, e avenida Mato Grosso, 735

17h30: Encontro dos Festeiros na praça Tubal Vilela

18h: Procissão com as Imagens de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, com a presença de todos os grupos tocando seus instrumentos e logo a seguir missa na porta da igreja, e troca de coroas para escolha dos festeiros do próximo ano


Dia 13 de outubro

Manhã livre

13h30: Visita a festeiros
19h30: Despedida na casa do Presidente
21h: Despedida na porta da igreja

Um comentário:

Alcina disse...

Bom dia !
Moro em Uberlândia M.G,fui a festa e foi linda,linda...,me emocionei mto e me senti orgulhosa pela cidade.Vale a pena virem ver.
Alcina